RESENHA DO FILME A BAILARINA (BALLERINA)

Olá Divas! O post de hoje é uma resenha do filme A Bailarina. Eu amo assistir filmes, mas ando meio sem tempo, então sempre que posso não perco a oportunidade. Esse filme foi lançado aqui no Brasil em janeiro desse ano e desde então fiquei muito curiosa para assistir.

 

resenha do filme A Bailarina
Foto: Site Agenda de Dança

 

Eu amo animação, e música e dança, então esse filme me chamou atenção logo de cara.

SINOPSE

 

 

O filme se passa em Paris, 1869, “Belle Époque”. Uma menina órfã tem um grande sonho de se tornar uma bailarina, e acredita piamente que irá conseguir. Então, ela e seu amigo, que sonha em ser inventor, fogem do orfanato para Paris, numa utópica aventura em busca de realizar os seus sonhos.

Lá ela encontra a oportunidade de enfim, realizar o seu sonho, no entanto, se passando por outra pessoa para tal. Não vou contar mais do filme senão estraga a história.

Mas no curso do filme, percebemos a essência da personagem. Ela é destemida, cativante, jovial. Ela tem a determinação, força e alegria que muitas vezes só possuímos na juventude. Embora tenha talento, é um diamante a ser lapidado, como tudo na vida, deve treinar para aperfeiçoar a sua técnica.

FICHA TÉCNICA

Data de lançamento 26 de janeiro de 2017 (1h 30min)
Direção: Eric Summer, Eric Warin
Elenco: Mel Maia, Elle Fanning, Dane DeHaan mais
Gênero Animação
Nacionalidades França, Canadá

O QUE EU ACHEI DO FILME

Eu simplesmente adorei a trilha sonora do filme. Inclusive coloquei uma cena bem motivadora do filme para vocês verem.

 

Eu achei o filme um amorzinho. Embora alguns aspectos “fora da realidade”, e alguns fatos que não foram explicados, especialmente no final do filme, tenham me incomodado um pouco (acho que estou velha demais kkk), por isso eu daria uma nota 9 para o filme, mas eu realmente o recomendo.

Isto porque o filme passa uma mensagem muito legal de perseverança, determinação. Todos nós sonhamos, mas a questão é, o que você faz para alcançar seus sonhos? Confesso para vocês que faço muito pouco. É muito fácil reclamar, mas quantas vezes você se “jogou de cabeça” para alcançar aquilo que você almeja?

E essa foi a resenha do filme A Bailarina, espero que tenham gostado. Por hoje é só, mas gostaria de deixar a mensagem: Lute pelos seus sonhos! Eu também irei lutar pelos meus. Beijão, Deus abençoe!